Ele quem me instruiu dessa ciência que esconde dos sábios e dos pedantes e revela aos menores...
Boa Tarde! São José dos Campos, quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
4º DOMINGO DA QUARESMA - CF 2013 “Fraternidade e Juventude” - Lc 15,1-3.11-32 - Sejamos filhos misericordioso do Pai infinitamente bom


10/03/2013

A liturgia deste domingo nos apresenta uma das mais belas páginas do Evangelho: a parábola do Pai misericordioso, que nos revela o verdadeiro jeito de Deus.
Embora chamada “do Filho pródigo”, esta parábola nos faz enxergar o Pai infinitamente bom e generoso para com quem abandonou a casa e foi viver de qualquer jeito, mas também para com quem nunca se ausentou do lar, porém não foi capaz de reconhecer a bondade do pai, mostrando-se ciumento e indignado com ele quando foi misericordioso com o seu irmão.
Muito mais do que nos colocar diante de dois modelos de filhos para ver com qual nos identificamos mais, a parábola nos convida a reconhecer Deus de um modo novo e procurar corresponder à sua bondade por uma vida de filhos misericordiosos, parecidos com o pai em nossa relação com os semelhantes que erram, que nos traem, que esbanjam o que lhes oferecemos de bom ou que têm ciúmes de nós e não querem caminhar ao nosso lado.
Há detalhes por trás das palavras que nos revelam a verdadeira identidade do Deus que Jesus Cristo anunciou.
O pai que concorda com o pedido do filho mais novo concedendo-lhe a parte da herança e permitindo-lhe partir, sem fazer perguntas, revela-nos o Deus que respeita nossa liberdade até mesmo se a usamos para fugir dele.
O pai que reconhece ao longe o filho que volta e faz festa ao invés de dar-lhe uma bronca ou um castigo, comunica-nos Deus que sempre nos perdoa e tudo faz para que estejamos junto dele na alegria.
O pai que corre ao encontro do filho cobrindo-o de beijos do jeito que estava, faz-nos perceber que Deus é movido pelo amor, pois continua nos tratando como filhos e apesar de nossos pecados.
O pai que insiste com o filho mais velho para participar de sua festa e alegria pelo filho que voltou é a fotografia de Deus insistindo conosco para que sejamos compreensivos com quem erra e nos alegremos com cada irmão que muda de vida.
Nossa conversão quaresmal pode ganhar muito com o avanço em nossa reflexão acerca de Deus. Aproveitemos a oportunidade que este domingo nos oferece para isso.

Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco

 

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.