... Ó meu Bem-Amado, uma só missão não me bastaria...
Bom Dia! São José dos Campos, terça-feira, 17 de outubro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
5º DOMINGO DA PÁSCOA - Jo 13,31-33a.34-35 - O mandamento novo nos faz verdadeiros discípulos de Jesus


28/04/2013

Neste domingo o evangelho nos apresenta uma parte do discurso de Jesus durante a última ceia,  despedindo-se de seus amigos e dando-lhes a orientação para continuarem caminhando como seus seguidores.

Já estamos nos aproximando da conclusão do Tempo Pascal e estas palavras de Jesus devem ser atualizadas por nós, para que depois de viver as alegrias pascais, continuemos nossa caminhada, renovados pela experiência do encontro com o Ressuscitado e prontos ao testemunho de sermos verdadeiramente seus discípulos.

Na primeira parte do evangelho Jesus diz que o Filho do Homem foi glorificado. Está falando de si mesmo e mostrando que sua vitória se deu pelo seu rebaixamento e entrega da vida na cruz. Com esse gesto Ele também glorifica o Pai.

Glorificar significa elogiar, louvar, engrandecer.

Portanto, Deus é glorificado quando fazemos de nossa vida um serviço ao bem e à felicidade dos outros. Ao mesmo tempo, nós somos glorificados quando permanecemos fieis ao que Deus quer de nós, mesmo que seja algo exigente e difícil.

Na segunda parte do evangelho Jesus dá aos seus apóstolos o novo mandamento, ou seja, ordena-lhes amar aos outros como Ele nos amou. A novidade do mandamento dado por Jesus aos seus discípulos está no fato de pedir que se amem com o seu jeito. Amar como Jesus é assumir o compromisso de realizar tudo e somente aquilo que edifica os outros.

A vivência do mandamento novo deve ser para nós um imperativo, pois é isso que demonstra sermos seguidores de Jesus.

Enquanto o nosso amor aos outros for segundo a nossa medida ainda não mostramos ser discípulos de Cristo. Quando amarmos de acordo com a medida de Cristo, isto é, com largueza de coração, com bondade sem fim, perdoando sempre e tudo, com a entrega da própria vida etc , então seremos reconhecidos como seus seguidores.

Ser seguidor de Jesus, portanto, não é ter o nome de cristão ou fazer coisas extraordinárias, mas tão somente amar os outros como Ele nos amou.

 

Pe. Edinei Evaldo Batista

Pároco

 

 

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.