Parece-me que agora nada me impede de levantar vôo, pois não tenho mais grandes desejos a não ser o de amar até morrer de amor.
Boa Tarde! São José dos Campos, segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
9º DOMINGO DO TEMPO COMUM - Lc 7,1-10 - A fé humilde e fraterna abre caminho para a ação de Deus


01/06/2013

Neste domingo nos encontramos com um grande testemunho de fé, que torna possível um milagre de Jesus em favor de um enfermo.

Na verdade, a fé admirável que favorece o milagre nem é do próprio enfermo, mas do seu patrão, que era um oficial romano. Este se dirige a Jesus, cheio de confiança, embora não se sinta digno nem de ir ao seu encontro e de recebê-lo em sua casa.

As atitudes do oficial romano demonstram que ele sabe não ser merecedor de nada, mas tudo espera da bondade gratuita e da autoridade de Deus, manifestada na pessoa e nos gestos de Jesus.

Sua fé se destaca ainda por buscar alguma coisa boa para outra pessoa e não para si mesmo.

No oficial romano encontramos um exemplo de fé humilde e fraterna, que nos incentiva a crer da mesma forma.

De fato, a fé é condição para que Deus possa agir em nossa vida, socorrendo-nos em nossas necessidades, mas é preciso que, antes de tudo, seja uma fé humilde.

Fé humilde é a atitude da pessoa que espera e confia na bondade de Deus, mas nunca exige nada dele, porque sabe que não tem esse direito. Quem vive a fé desta maneira mantém-se firme no compromisso com Deus mesmo quando não é atendido em seus pedidos, pois continua acreditando que embora não nos dando o que queremos, Deus sempre nos dá o que precisamos.

A pessoa que vive a fé de modo fraterno busca o bem não só para si mesma, mas primeiramente para os outros. Quem vive a fé deste modo é pessoa de coração dilatado, que abarca as necessidades e os sofrimentos dos outros e arde de desejo de que a salvação oferecida por Jesus aconteça na vida dos irmãos, da mesma forma que já aconteceu na sua.

Quando a fé é humilde e fraterna a ação de Deus acontece de modo surpreendente e realiza as suas maravilhas na vida de todos.

Na vivência do Ano da Fé, busquemos viver essa virtude como fez o oficial romano citado no evangelho deste domingo. O nome deste homem nós não conhecemos, mas a sua fé o tornou um testemunho para ajudar muitas pessoas em sua relação com Deus.

 

Pe. Edinei Evaldo Batista

Pároco

 

 
Arquivos disponíveis:

03-06 - 09-06.pdf

10-06 - 16-06.pdf

17-06 - 23-06.pdf

24-06 - 30-06.pdf

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.