Ao dar-se a Deus, o coração não perde sua natural ternura, pelo contrário, essa ternura cresce ao tornar-se mais pura e mais divina.
Boa Tarde! São José dos Campos, quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
22º DOMINGO DO TEMPO COMUM - Lc 14,1.7-14 - Escolher o último lugar para participar da alegria de Deus


01/09/2013

Ao ver as pessoas escolhendo os primeiros lugares, na casa de um dos chefes dos fariseus, Jesus apresenta o ensinamento central da Boa Nova que Ele veio nos trazer: colocar-se em último lugar.
Mas, o que significa isso, concretamente?
Jesus veio trazer vida plena para a humanidade e o fez doando a sua vida, isto é, colocando-se em último lugar ou humilhando-se para exaltá-la. Agindo assim foi exaltado pelo Pai e quer que seus seguidores façam a mesma experiência.
Na vida, muitas vezes, queremos fazer valer nossas idéias ou nossa vontade. Isso pode acontecer na família, no trabalho, na comunidade ou na sociedade, geralmente levando-nos a passar por cima dos outros, não raramente prejudicando-os. Outras vezes buscamos aquilo que é vantajoso para nós, mas desrespeitamos os direitos dos outros. Acontece também que temos muita dificuldade em aceitar as incompreensões e ofensas dos outros para conosco, ficando revoltados e, muitas vezes, prontos à vingança, quase sempre com gestos mais agressivos que os recebidos.
É muito próprio do ser humano agir pensando somente em si e desprezando os outros.
Mas esse não é o jeito de Deus tratar as pessoas e nem o que Ele quer para os seus filhos. Jesus veio nos comunicar isso e Ele sabe, por experiência, que só se alcança o verdadeiro sentido da vida, doando-a para o bem e a felicidade dos outros.
Escolher o último lugar é doar a vida para que outros tenham vida. Esse é o caminho do verdadeiro cristão e o meio para que o ser humano encontre a verdadeira felicidade.
É abrir mão das próprias ideias, vontades e vantagens se para realizá-las tivermos de prejudicar os outros. Nesse caso, escolher o último lugar é buscar o bem dos outros antes que o nosso próprio.
Escolher o último lugar é perdoar as atitudes negativas dos outros para conosco, num esforço de perdoar tudo e sempre. É preferir ser feliz a ter razão.
É também colocar-se a serviço de todos, mas principalmente dos mais humildes, isto é, daqueles que não podem retribuir o que lhes fizermos de bom.
Podemos aprender isso com o ensinamento de Santa Teresinha, que afirmava: "Escolho o último lugar porque ninguém briga por ele". Que ela nos ajude a compreender e praticar o que Jesus nos ensina no Evangelho deste domingo.

Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco

 

 
Arquivos disponíveis:

02-09 -08-09.pdf

09-09 -15-09.pdf

16-09 -22-09.pdf

30-09 - 06-10.pdf

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.