Felizmente, não desanimo com facilidade.
Boa Tarde! São José dos Campos, segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
4º DOMINGO DA QUARESMA - Jo 9,1.6-9.13-17.34-38 - Tocados por Cristo e lavados pelo Batismo passamos a ver com os olhos de Deus


30/03/2014

A cura do cego de nascença, que contemplamos no Evangelho deste domingo, é símbolo da transformação que ocorre em cada pessoa em razão do sacramento do Batismo. Assim como o cego, tocado por Jesus e lavado na água da piscina de Siloé, começou a enxergar, o ser humano, banhado nas águas do Batismo e tocado pela graça divina, passa a ver com os olhos de Deus.
O sacramento do batismo é o sinal eficaz da graça redentora de Cristo, que chega a cada um de nós abrindo-nos um novo caminho existencial. Embora continuemos a ser os mesmos, somos diferentes porque renovados pela bondade de Deus que nos recria como portadores do Céu, enquanto caminhamos na terra.
Siloé, o nome da piscina na qual Jesus pede que o cego vá lavar-se, significa Enviado. Essa informação dada pelo evangelista João aponta para o fato de que no batismo, a pessoa é mergulhada em Cristo, o Enviado do Pai, de cujo coração aberto jorra a água viva que cura a cegueira do coração humano, abrindo-o para as maravilhas de Deus.
A cegueira da qual o Batismo cura é, por exemplo, a visão limitada que se tem da existência humana, reduzindo-a ao tempo e ao espaço. Por tal razão, muitas pessoas vivem preocupadas apenas com o que é da terra, sem se dar conta de que o verdadeiro sentido da existência está na vivência dos valores celestes. O Batismo nos faz ver que fomos criados para a Eternidade, isto é, para a vida de comunhão com Deus, que se inicia já neste mundo e se plenifica no Céu, depois de nossa morte.
O Batismo também faz ver o quanto o ser humano é precioso para Deus uma vez que o torna filho seu; revela que todos têm uma missão a realizar e esta consiste em testemunhar o amor, respeitando as outras pessoas e comprometendo-se com o seu bem, por considerá-las irmãs.
Já estamos no quarto domingo da Quaresma, chamado Domingo Laetare, ou domingo da Alegria. Cada vez mais se aproxima a celebração da Páscoa, motivo de grande alegria para todos os crêem em Jesus Cristo, pois sabem que sua Páscoa inaugurou um novo estilo de vida para a humanidade. O Evangelho deste domingo apresenta a alegria que nasce em cada pessoa que se une a Cristo pelo Batismo, pois passa a crer Nele e a seguir o seu estilo de vida.
Esta é a alegria que deve estar sempre manifesta em cada um de nós e a partir da qual devemos ir ao encontro das outras pessoas contagiando-as para fazerem a mesma experiência.
Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus
Diocese de São José dos Campos - SP

 

 
Arquivos disponíveis:

03-03 - 09-03.pdf

10-03 - 16-03.pdf

17-03 - 23-03.pdf

24-03 - 30-03.pdf

31-03 - 06-04.pdf

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.