O Senhor é tão bom para comigo, que me é impossível temê-lo.
Boa Tarde! São José dos Campos, segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
2º DOMINGO DA PÁSCOA - DOMINGO DA DIVINA MISERICÓRDIA - Jo 20,19-31 - Bem aventurados os que se encontram cada domingo com Jesus Ressuscitado


27/04/2014

Jesus Ressuscitado faz-se presente em meio aos discípulos para ajuda-los no caminho da fé.  Embora pareça que Tomé seja o único incrédulo do grupo, isso não é verdadeiro. Crer na ressurreição foi uma dificuldade para todos os discípulos, como é também para nós porque trata-se de algo muito diferente de tudo o que estamos acostumados. Por tal razão, o próprio Jesus vai ao encontro de seus amigos para socorre-los em sua fraqueza. E isso também acontece conosco.
Crer na Ressurreição é assumir um novo jeito de pensar, agir e ver as coisas que nos acontecem. É passar a viver com o jeito de Jesus, que quer dizer, mudar totalmente de mentalidade. Sabemos, contudo, que tal empreendimento não se realiza de uma hora para outra e nem somente com nossas próprias forças. Necessária se faz a iniciativa e a atuação da graça divina. É por isso que Jesus vai ao encontro dos discípulos e mesmo estando fechadas as portas ele se coloca junto deles.  Vemos, nesse gesto, que Deus quer tanto o ser humano junto a si e vivendo do seu jeito, que ultrapassa todas as barreiras criadas por ele, para ajuda-lo a sair da situação de incredulidade.
O Evangelho que estamos refletindo faz questão de pôr em relevo que o dia em que Jesus Ressuscitado se encontra com os discípulos é o domingo (1º dia da semana). Com isso recorda para nós que o "Dia do Senhor" é a ocasião privilegiada para encontrarmos o Ressuscitado e sermos ajudados por Ele a progredir na fé. Para nós, esse encontro se dá na participação da missa dominical quando, reunidos como família, escutamos a Palavra, apresentamos nossos louvores e agradecimentos ao Pai e nos alimentamos do Corpo e Sangue de Jesus
No encontro de Jesus com os discípulos, Ele não lhes chama a atenção por sua incredulidade, mas mostra-se amigo, convidando-os a uma proximidade maior que possibilitará a verdadeira experiência da fé.  Assim também acontece conosco: apesar de nossa indignidade, Jesus quer se unir profundamente conosco para transformar-nos, fazer-nos crer melhor e conduzir-nos por caminhos de verdadeira alegria.
Certos de que o Senhor nos ajuda a crescer na fé, façamos a nossa parte, aproveitando as ocasiões em que Ele se faz presente junto a nós, curando-nos de nossas debilidades e enchendo-nos com a sua graça.
 
Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco

 

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.