Ó Jesus, meu Amor... minha vocação, enfim, eu a encontrei, minha vocação é o Amor!
Bom Dia! São José dos Campos, quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
3º DOMINGO DA PÁSCOA - DOMINGO DA DIVINA MISERICÓRDIA - Lc 24,13-35 - Caminhar com Jesus nos renova para a vida e a missão


04/05/2014

A narrativa do encontro de Jesus Ressuscitado com os discípulos de Emaús é muito rica de significados para nossa vivência de fé. Vemos primeiramente dois seguidores de Jesus que estão decepcionados porque toda a expectativa que tinham acerca do Mestre e de sua obra parece ter morrido com ele na cruz. A postura desses dois discípulos é a mesma que temos quando o jeito de Deus agir não corresponde ao nosso modo de pensar. Esperamos ver, de maneira espetacular e rápida, o triunfo do poder divino sobre tudo aquilo que é negativo para nós. Temos dificuldade de entender que a sabedoria de Deus se revela também quando Ele permite o fracasso em nossa existência.
Enquanto estão decepcionados e voltando para casa, Jesus se faz companheiro de caminhada dos dois discípulos e conversa longamente com eles, procurando iluminá-los com sua presença e palavra. Vemos nisso que para compreender que os planos de Deus se realizam mesmo quando passamos pelo sofrimento, precisamos da companhia de Jesus, a Palavra Eterna, que nos esclarece acerca daquilo que é difícil de compreender. Em nossa vida, as coisas serão menos obscuras na medida em tivermos Jesus como companheiro cuja palavra vai refazendo-nos.
Quando estão chegando à sua aldeia, Jesus faz de conta que seguirá em frente e os dois discípulos o convidam para permanecer com eles. Sua iniciativa pode ser vista por nós como uma prece que brota do coração desejoso de paz duradoura: "Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando". Esta bela prece deveria brotar sempre de nossos lábios e coração, expressando nosso desejo de estar sempre com o Senhor pois quando Ele se faz nosso hóspede, nossa casa, isto é, nossa vida, se enche com os seus dons e se transforma.
Finalmente, o estranho que se tornou próximo revelou-se vivo aos dois discípulos garantindo-lhes que sua esperança não estava mais no sepulcro e sim caminhando ao seu lado e reanimando-os.  Esta revelação acendeu em seu coração a vida e a alegria, que logo se tornaram força que os levou de volta para Jerusalém a fim de encontrar-se com os outros discípulos e anunciar-lhes que Jesus ressuscitou.
Para nós, o encontro no qual Jesus se mostra Ressuscitado é a celebração da Eucaristia. Nessa oportunidade, que está sempre ao nosso alcance, nossos olhos se abrem, nosso coração se rejuvenesce, nossas forças são refeitas e a nossa missão se reinicia.

Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus
Diocese de São José dos Campos - SP

 

 
Arquivos disponíveis:

05-05 - 11-05.pdf

12-05 - 18-05.pdf

19-05 - 25-05.pdf

26-05 - 01-06.pdf

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.