Jesus não quer que eu reclame o que me pertence; isso deveria parecer-me fácil e natural pois nada me pertence.
Bom Dia! São José dos Campos, terça-feira, 17 de outubro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
5º DOMINGO DA PÁSCOA - SOBRE NÓS, SENHOR, VENHA A VOSSA GRAÇA - Jo 14,1-12 - Jesus é o caminho que nos leva ao Pai


18/05/2014

A morte e a ressurreição de Jesus foram o ponto alto de sua vida e missão e o colocaram novamente na glória divina, que Ele deixou ao encarnar-se e vir viver entre nós para nos salvar.
Dentro deste contexto é que devemos compreender as suas palavras no Evangelho deste domingo: o Ressuscitado vai à nossa frente, abrindo-nos caminho para o Céu, a casa do Pai, onde há muitas moradas.
A palavra "moradas" diz respeito aos lugares que nos estão reservados junto a Deus. Ao dizer que vai preparar-nos um lugar Jesus está falando de sua morte e ressurreição, com as quais nos colocou em condições de assumir os lugares que Deus, desde sempre nos reservou, mas que perdemos o direito de ocupar por causa do pecado.
Foi a entrega de Cristo na cruz que apagou nossos pecados, reconciliou-nos com Deus e nos deu a dignidade de filhos amados que podem estar junto ao Pai. Unido a nós pela encarnação, morrendo em nosso lugar na cruz e ressuscitando, Jesus nos fez participantes de sua comunhão com Deus. Por isso diz para termos fé nele, pois pela fé nos unimos a Ele e vamos participando de sua ressurreição dia após dia.
Jesus diz aos apóstolos que eles sabem o caminho para ir aonde Ele vai. Com isso relembra-lhes e também a nós que "quem quiser salvar a sua vida, deve perdê-la...". Perder a vida por amor é o caminho que nos faz chegar ao nosso lugar, isto é, ao lugar de filhos de Deus. Os filhos de Deus são caracterizados pelo amor e é na entrega da vida, pelo bem dos outros, que se mostra essa característica.
Tomé mostra não entender o que Jesus disse, então o Mestre lhe revela explicitamente que Ele é o caminho, a verdade e a vida. Para chegar à doação da vida que gera-nos para a vida verdadeira é preciso andar com Cristo (Ele é o caminho), acolher o seu ensinamento (Ele é a verdade) e praticar os seus gestos (Ele é a vida). Na união com Jesus Cristo nos assemelhamos a Ele e nos tornamos capazes de doar nossa vida por amor e, deste modo, alcançar o sentido maior de nossa existência.
Por fim, Jesus afirma que quem o vê, vê o Pai. Ele é, de fato, "a imagem do Deus invisível", por meio de quem conhecemos a Deus. Não se trata, porém, de uma imagem física, mas da manifestação do coração divino, com tudo aquilo que ele é, contém e nos oferece. Portanto, olhando para Jesus conhecemos a bondade de Deus Pai que se revela nEle e se torna acessível a todos. Sua obras, isto é, seus gestos, nos falam do Pai e nos convidam a crer no seu amor, ou seja, viver próximos dEle e de acordo com sua vontade.

Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco

 

 
Arquivos disponíveis:

05-05 - 11-05.pdf

12-05 - 18-05.pdf

19-05 - 25-05.pdf

26-05 - 01-06.pdf

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.