Sou de tal natureza que o temor me faz recuar; com o amor não somente avanço, mas vôo...
Boa Tarde! São José dos Campos, segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
21º DOMINGO DO TEMPO COMUM - Mt 16,13-20 - A fé de Pedro estimula o progresso da nossa fé


24/08/2014

O Evangelho deste domingo apresenta-nos a profissão de fé do Apóstolo Pedro, diante da pergunta de Jesus: "Quem sou eu para vocês?".
A resposta de Pedro é profunda e expressa a sua fé, motivo pelo qual Jesus o elogia, chamando-o feliz. Ao dizer que Jesus é o Messias e o Filho do Deus vivo, o Apóstolo mostra que entende o seu mestre diferentemente do modo como os outros o entendem e que o reconhece como o Messias esperado e como verdadeiro Deus. A resposta de Pedro é também indicativa de que o tempo da espera pelo Salvador acabou pois Ele já está no meio de nós.
Esta resposta revela a fé de Pedro, que reconhece e proclama a verdadeira identidade de Jesus Cristo. Deve ser a fé de todos os seguidores de Jesus. Deve ser a nossa fé, portanto.
Foi por causa desta fé que Pedro, embora tenha vacilado muitas vezes em seu relacionamento com Jesus, sempre retomou o caminho. Por causa da fé, Pedro progrediu de tal maneira que Jesus lhe confiou a liderança do grupo dos Doze e da comunidade (a Igreja) e, mais tarde, entregou a sua vida por Cristo e como Cristo.
O testemunho de fé dado por Pedro é iluminador de nossa caminhada na fé. Como ele devemos progredir nesta confiança: Jesus não é somente um homem admirável por suas palavras e seus milagres ou apenas alguém que existiu há dois mil anos e é lembrado como personagem do passado. Se pensarmos Jesus apenas desta maneira, não possuímos ainda a fé de Pedro, a fé que nos torna capazes de progredir no compromisso e na identificação com o Salvador.
A nossa fé deve ser a fé de quem está perto do Mestre e convive com Ele de maneira íntima. Ela deve nos levar a descobrir mais profundamente a verdadeira identidade de Jesus, encantando-nos pelo fato de que Ele é Deus e está tão próximo cuidando de nós para que sejamos felizes. A fé madura como a de Pedro deve levar-nos a perceber a insondável riqueza de Cristo.
Pelo fato de crer em Jesus como Deus e Salvador devemos sentir-nos felizes, pois Nele encontramos a luz, o sentido e a firmeza de que precisamos para vencer os desafios e as incertezas da nossa condição humana e da história.
Tenhamos a coragem de Pedro respondendo cada dia com a vida que Jesus é o Messias, o Filho do Deus vivo e alcancemos com isso a alegria e o progresso que nascem da fé verdadeira.

Pe. Edinei Evaldo Batista
Pároco

 

 
Arquivos disponíveis:

04-08 - 10-08.pdf

11-08 - 17-08.pdf

18-08 - 24-08.pdf

25-08 - 31-08.pdf

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.